A Ford registrou o seu melhor resultado do ano em outubro com uma participação de 10,4% nas vendas. Foram mais de 21.000 unidades emplacadas, o maior volume desde agosto de 2015, com o Ka sendo o segundo veículo mais vendido do País e o EcoSport entre os mais vendidos dos SUVs. O crescimento da marca foi de 8% comparado a setembro, enquanto a indústria avançou apenas 2%.

O desempenho do Ka gerou um novo recorde histórico de participação do modelo, com 14,8% do segmento. As vendas do hatch somaram perto de 10.000 unidades, um crescimento de 11% comparado ao mês anterior.

“A evolução contínua do Ka no segmento demonstra que é um produto que caiu nas graças do consumidor brasileiro, por oferecer uma combinação única nos atributos mais relevantes, como segurança e economia, sem abrir mão de potência e design atraente”, destaca Antonio Baltar Jr., diretor de Marketing, Vendas e Serviços da Ford.

Outro destaque da Ford foi o EcoSport, que já no seu segundo mês de lançamento atingiu a marca de 3.254 unidades, um crescimento de 3% em relação a setembro. Com isso, o utilitário esportivo continua figurando entre os mais vendidos do País, atingindo uma participação de 12% no seu segmento.

No segmento de picapes, a Ranger mostrou um crescimento 20% e avançou principalmente nas versões a diesel. O Fusion manteve a liderança dos sedãs CD de luxo, com 70% das vendas.

“Os resultados de outubro confirmam a grande aceitação da nossa marca pelos consumidores e os sinais de recuperação do mercado. Estamos felizes em ver os indicadores positivos da economia, que abrem boas perspectivas também para os próximos meses”, completa Baltar. “Nesse momento de grande competitividade, a Ford tem se destacado por oferecer não só boas ofertas, mas também uma rede de distribuidores preparada para prestar o melhor atendimento aos consumidores.”